quarta-feira, 30 de novembro de 2016

O Rei dos Monstros - Parte 12: Shin Gojira



"Shin Gojira" (Godzilla Resurgence, 2016) de Hideaki Anno (também autor do roteiro) e Shinji Higuchi (também diretor de efeitos especiais visuais, dirigiu anteriormente as duas partes do live-action "Attack on Titan"-2015).
 Toho Pictures/Cine Bazar



* (Atenção: Contém Spoilers!)
-Enquanto a guarda costeira japonesa investiga um iate abandonado na Baía de Tóquio, algo na água ataca seu barco, e passa a se mover para o interior através dos rios.  O vice-ministro do Japão, Rando Yaguchi (Hiroki Hasegawa), está convencido de que o incidente foi causado por uma criatura viva, mas sua teoria é inicialmente descartada.  Uma criatura estranha e gigante emerge, e se move através da cidade, deixando um rastro maciço de destruição e mortes, antes de evoluir para uma criatura de pele avermelhada que retorna ao oceano.



 Yaguchi é colocado no comando de uma força-tarefa para pesquisar a criatura; os EUA enviam uma especialista, Kayoko Ann Patterson (Satomi Ishihara), que revela que um professor de zoologia desonrado, Goro Maki, estudava mutações devido à contaminação radioativa e teorizou a aparição da criatura, mas os EUA o encobriram. O iate abandonado na Baía de Tóquio tinha pertencido a Maki e ele havia deixado suas notas de investigação lá antes de desaparecer.


A criatura, agora chamada Gojira reaparece, agora com duas vezes o seu tamanho original. As Forças Japonesas de Autodefesa são mobilizadas, mas seus ataques não têm efeito sobre Gojira e sofrem grandes baixas.



 Os EUA oferecem sua intervenção em troca de acesso total ao estudo da criatura, e o governo japonês relutantemente concorda. Os bombardeiros enviados pelos EUA atacam Gojira, que ferido, responde com raios atômicos altamente destrutivos disparados de sua boca e nadadeiras dorsais. A batalha destrói uma grande parte de Tóquio, juntamente com os bombardeiros. Depois de esgotar sua energia, Gojira entra em um estado adormecido e fica imóvel.



A equipe de Yaguchi descobre que as barbatanas e o sangue de Gojira funcionam como um sistema de resfriamento, permitindo que teorizem o uso de um agente coagulante, que pode desencadear uma reação e causar o congelamento do monstro. Além disso, após a análise de amostras de tecido, eles descobrem que Gojira é capaz de sobreviver, enquanto o ar e a água estiverem disponíveis, e que a criatura é capaz de reproduzir assexuadamente.



 A ONU, chefiada pelo governo dos EUA, informa ao Japão que vão usar armas termonucleares contra Gojira. Não querendo ver as armas nucleares detonadas no Japão novamente, Patterson e Yaguchi decidem terminar seu plano, mesmo que isso ponha em risco suas carreiras.



 Eles provocam Gojira para que ele use sua respiração atômica até  se esgotar. A equipe então detona explosivos nos prédios próximos, derrubando Gojira e conseguindo assim injetar tanques de coagulante em sua boca. Apesar de muitas pessoas serem mortas no processo, o plano da equipe é bem sucedido e Gojira é congelado. O final ainda reserva uma surpresa...



*Shin Gojira é o 31º filme da franquia do Rei dos monstros, o 29º filme de Godzilla produzido pela Toho e o terceiro reboot do filme original. O título foi escolhido pelos múltiplos significados de "Shin", que tanto pode ser "novo", como "verdadeiro", ou "deus". A inspiração para o filme foi tirada do desastre nuclear de Fukushima; do terremoto e tsunami de 2011, e da situação política do Japão atual. É um filme sério, adulto e político, mas divertido- assim como o original de 1954- com as devidas críticas ao uso de armas atômicas e aos EUA atualizadas. Seu roteiro dispensa humanos super-heroicos; cientistas loucos; adolescentes; triângulos amorosos e dramas familiares, se concentrando em uma batalha científica e política para resolver uma tragédia viva que arrasa o Japão mais uma vez...
Os efeitos especiais são muito bons, e a concepção de Gojira segue inspirada no filme original, incluindo seu movimento pesado, seu "bafo atômico". 



 Shin Gojira foi lançado no Japão em 29 de julho de 2016, e recebeu aclamação da crítica japonesa, e foi um sucesso de bilheteria, tornando-se o filme Live-action japonês de maior bilheteria de 2016,  e a maior bilheteria da franquia japonesa de Godzilla-Gojira...O Rei dos Monstros Ressurge!!!!






quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Mini Monstros : A Segunda Parte!




                                "Estamos de volta!!!!! Hihihihihihihi!!!!"



"Sorority Babes In the Slimeball Bowl-O-Rama" (Imp- O Invasor do Espaço, 1988 de David DeCoteau...



Apesar dom título e releases nacionais, o Imp do título é um pequeno "gênio-da-garrafa-do mal"...neste caso, um gênio aprisionado em um troféu de boliche, e liberado por um bando de nerds.


A criaturinha (chamada "Tio Impie") utiliza o velho expediente de realizar 3 desejos mágicos, para matar e causar confusão entre os jovens...



Cult-trash divertido dos primórdios das produções diretas-para-o vídeo (na época, videocassete...), com as futuras "deusas" Scream Queens Linnea Quigley, Michelle Bauer e Brinke Stevens...




"Elves" (1989) de Jeffrey Mandel



3 Garotas libertam durante um acidentado ritual anti-natal, um primitivo Elfo maligno (um boneco sem movimentos e expressões,criado pelo especialista em animatrônicos Vincent J. Guastini!..e operado por mais de dez pessoas!?!!?!) que começa a aprontar...



...vamos somar a  esta estranha ceia natalina : um grupo de neo-nazistas que quer cruzar o Elfo com uma garota virgem para dar origem a tal de "raça perfeita"; um "papai-noel" desempregado (Dan Haggerty); uma pedra mágica e um avô sinistro...




"Beasties" (1989) de Steven Paul Contreras...



Outro caso de uma produção literalmente sem dinheiro que tentou pegar carona no gênero. Intitulado originalmente "Bionaut", mostra a chegada de alienígenas perigosos em uma área cheia de casais de namorados...



Gore, sexo e monstrinhos do espaço, em um filme trash que só foi distribuído em 1991 (e teria vendido somente 200 cópias em VHS...), sendo relançado a pouco em DVD e assumido ares de cult...




O produtor/diretor Charles Band, cabeça da Empire Pictures, depois Full Moon Entertaiment, tornou-se o maior especialista em pequenos monstros e filmes com bonecos/brinquedos assassinos. Mesmo em produções aonde o assunto principal não eram os monstros em miniatura, ele sempre conseguia colocar algum(ns)...



"Subspecies" (Subspecies- A Geração Vamp, 1990) de Ted Nicolaou, com Produção de Charles Band...


Uma trama sobre a briga de um poderoso clã de vampiros romenos (referências explícitas ao personagem Drácula...), aonde o vilãnesco & Nosferático vampiro Radu Vladislas (Anders Hove), rouba e utiliza a mítica "Pedra de Sangue" para seus fins maquiavélicos! 

Ops! Cadê os monstrinhos??? Bom, uma das armas de Radu são seus mini-escravos (demônios minúsculos criados no filme por uma combinação de efeitos de stop-motion e bonecos), e que apesar de darem nome ao filme (e série...), aparecem pouco...






...Dirigido pelo romeno Nicolaou ( e rodado na terra do Conde Drácula), Subspecies, seus vampiros e seus demoníacos minions, se tornou uma série com mais 3 filmes, um spin-off e uma série de histórias em quadrinhos...











Charles Band continuou com sua obsessão por mini monstros, e entre outros cometeu...

"Hideous!" (Hideous- Criaturas do Mal!, 1997) de Charles Band







"Totem" (1999) de David DeCoteau, produção de Band







"Shrieker" (1998) de David DeCoteau, produção de Band




"Decadent Evil" (2005) de Charles Band





O produtor/diretor mexicano Guillermo del Toro produziu a refilmagem de um pequeno (!) clássico esquecido do gênero: "Don't Be Afraid of the Dark" ( Não tenha Medo do Escuro, 2010) de Troy Nixey...





Recontando história do telefilme de 1973 ( ver primeira parte)...os homunculus, gremlins, minions, gnomos maus, demônios/aliens/monstros em miniatura...VIVEM!!!!!!