quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Os Gatos no Terror: Parte 5 - Gatos Pretos, Vingadores, Alienígenas e Heróicos




Uma nova versão para o conto clássico de Poe apareceu em "Due Occhi Diabolici" (Dois Olhos Satânicos, Itália/USA 1990) de Dario Argento e George Romero.



 Na história dirigida por Argento, "O Gato Preto", Roderick Usher (Harvey Keitel) é um fotógrafo especializado em cenas de crimes violentos. Ele também odeia os gatos e quando sua namorada Annabelle (Madeleine Potter) adota um gato preto de rua, ele decide se livrar do bichano, com consequências trágicas e horrendas. 



A cena da descoberta do cadáver emparedado de Argento é a mais grotesca e violenta de todas as versões desta história.



Os episódios dos dois mestres do terror foram produzidos originalmente para um possível programa de TV a cabo baseado em histórias de Allan Poe. Os episódios programados para serem dirigidos por Michele Soavi, Richard Stanley, Wes Craven e outros, nunca foram produzidos.

Na antologia "Tales from the Dark Side: The Movie" (Contos da Escuridão, 1990) de John Harrison, George Romero adaptou o conto de Stephen King "Cat from Hell" para o episódio de mesmo nome. 
Drogan (William Hickey) é um milionário velho e doente que contrata um assassino (David Johansen) para uma missão bizarra: matar um gato preto! Drogan afirma que, um por um, o gato matou os outros três habitantes da casa, e que ele é o próximo. A empresa farmacêutica do Drogan havia sacrificado 5.000 gatos enquanto testava uma nova droga, e ele está convencido de que este gato preto estava ali para uma vingança. No final, o "gatinho do inferno" cumpre bem a sua missão!





 No filme televisivo "Strays" (Instinto Assassino, 1991) de John McPherson, uma família problemática se muda para uma antiga casa em um lugar isolado. Lá encontram e adotam um casal de gatos de rua. Mas logo descobrem que o local é habitado por um bando enorme de gatos , liderados por um sinistro gato macho-dominante que parece não querer os humanos em seu território. Poderia ser um bom filme, mas cenas como alguém se defendendo do gato utilizando uma pistola de água de brinquedo, anulam qualquer susto...




"Sleepwalkers" (Sonâmbulos, 1992) de Mick Garris, roteiro de Stephen King, apresenta um estranho casal (Alice Krige e Brian Krause), mãe e filho que pertencem a uma raça de seres sobrenaturais parecidos com felinos (em sua forma não humana) e que sobrevivem graças as forças vitais das garotas virgens que devoram (uma alimentação bastante rara nos dias de hoje).



Praticamente indestrutíveis e imortais, ele só temem aos gatos, os únicos que os reconhecem e podem destruí-los. Destaque entre os heróis-felinos para o gato policial Clovis!




E um novo gato-heroico apareceu na mistura de ficção científica/ação/terror " Wei Si Li Zhi Lao Mao" (The Cat, Hong Kong, 1992) de Ngai Choi Lam. A história diz respeito a três visitantes de outro sistema solar, cuja missão na terra é destruir "o assassino de estrelas", uma criatura amorfa "Lovecraftiana" que absorve e pode voltar a animar as suas vítimas. 



Um dos visitantes - um gato preto chamado General -  depois de banhado em um raio amplificado e enviado por seu planeta natal, será poderoso o suficiente para derrotar o monstro. 



A versão realizada diretamente para o vídeo da história de Edgar Allan Poe "Black Cat" (2004) de Serge Rodnunsky (ex- bailarino e coreógrafo) é mais uma tentativa fracassada de atualizar o conto. A detetive Eleanor (Shawna Erickson) investiga o caso de um homem atormentado cuja mulher e o filho adolescente, ele afirma, haviam desaparecido. Tudo leva, é claro ao gato de estimação e as obsessões do homem. Pretensioso e enfadonho...




Muito melhor é a versão realizada para a série "Masters of Horror" em 2006. "The Black Cat" (2007) de Stuart Gordon, trás Jeffrey Combs (ator fetiche do diretor desde "Re-Animator" de 1985) como o próprio Edgar Allan Poe, que está lutando para escrever uma nova história. Ele entra no limite da insanidade (e se afunda na bebida) com a morte de sua esposa Virginia (Elyse Levesque), e começa a ficar obcecado com o seu gato preto, Plutão.
















O roteiro de Gordon e Dennis Paoli, junta fatos reais da vida do escritor com o seu conto mais famoso e Jeffrey Combs está perfeito como um Poe progressivamente alucinado e sádico.






CONTINUA...

terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Os Gatos no Terror: Parte 4- Mulheres-Gato, Trash & Stephen King


Os felinos foram inspiração para clássicos do terror e suspense B realizados nos anos 40 pela lendária RKO Pictures, pelo produtor Val Lewton. "Cat People" ( Sangue de Pantera, 1942); "Leopard Man" (O Homem-Leopardo, 1943), ambos de Jacques Tourneur e "The Curse of the Cat People" (A Maldição do Sangue da Pantera, 1945) de Robert Wise, foram realizados com baixo orçamento, mas muita imaginação. No primeiro, Irina, uma bela mulher (Simone Simon) acredita que sofre de uma maldição que a transformaria em uma pantera assassina...



... no segundo, uma cidade do Novo México é aterroriza por mortes atribuídas por um leopardo que escapou de um show e, no último, uma garotinha mistura sonho e realidade, acreditando no fantasma de Irina (a mulher-pantera), primeira esposa de seu pai... 
"The Cat Girl" ( Inglaterra,1957) de Peter Hennessy é uma refilmagem disfarçada de "Cat People" com Barbara Shelley,(que também esteve em "The Shadow of the Cat") como uma "mulher-leopardo".







O tema central são os felinos selvagens (ou o medo e a imaginação sobre eles) e apesar de maravilhosos, vão ficar aqui apenas como registro, assim como a ótima refilmagem de "Cat People" (A Marca da Pantera, 1982), com a verdadeira "gata" Nastassja Kinski!



Nos anos 40 tivemos ainda o filme de mistério e suspense "The Cat Creeps" ( Vingança Felina,1946) de Erle C. Kenton.  Uma gata preta é suspeita de estar possuída pelo espírito de uma velha senhora que cometera suicídio a 15 anos. Assim, um grupo de interessados viaja até uma ilha com a gatinha para resolver o mistério. O bichano ajuda a descobrir que na verdade fora um caso de assassinato por dinheiro. A mesma Universal Pictures havia realizado um filme com o mesmo nome em 1930, sobre um assassino misterioso conhecido como "O Gato"...



 O escritor americano Stephen King (um declarado admirador dos gatos) é responsável por diversas histórias envolvendo felino que foram levadas as telas. "Cat's Eye" (Olhos de Gato, 1985) de Lewis Teague, adaptada 3 histórias de Stephen King . Como elo de ligação entre elas, a presença do gato chamado General (citação ao filme Shadow of the Cat - ver parte 2 ).



 Na terceira estória, justamente com seu nome, ele encontra a menina Amanda (Drew Barrymore), quem ele deve proteger da presença de um diminuto e grotesco Troll que habita secretamente a casa e que "roubar" a respiração da menina.



   O General descansa de suas batalhas contra o Troll...

Mas os bichanos continuaram aparecendo como vilões, como na fantasia de terror "Xiong Mao" (Evil Cat, Hong Kong, 1987) de Dennis Yu. A família do Mestre Cheung (Lau Kar Leung) tem se protegido durante 8 gerações contra os ataques de um gato-demônio e para acaba-lo de vez em sua última vida, um jovem vai ter que ser treinado para vencer a malévola criatura. Gore e alguma ação com uma criatura mitológica aparentada com os Bakenekos japoneses.


 No budismo, o gato é excluído da lista de animais protegidos, porque segundo uma lenda, no momento da morte de Buda, quando todos os animais se reuniram para chorar seu corpo, o gato não chorou e ainda comeu tranquilamente um rato, provando sua falta de respeito pelo acontecimento sagrado. Entretanto, apesar da lenda, o gato foi venerado pelos primeiros budistas por seu autodomínio e a tendência à meditação. Na China, estatuetas de gatos eram usadas para expulsar os maus espíritos, e havia dois tipos de gatos, os bons e os maus, que eram facilmente diferenciados porque os maus tinham duas caudas.




"Uninvited" (Sem Convite, 1987) de Greydon Clark, mostra um grupo de pessoas em um iate no Caribe, que viajam a convite de um gangster. Um gato-mutante escapa de um laboratório de pesquisas genéticas e se infiltra no barco, aonde começa uma matança generalizada...O coitado do veterano George Kennedy está envolvido deste Trash absoluto, com alguns dos piores efeitos especiais dos 80's!





E se o assunto é Trash, também citaremos "Mutator" (1989) de John R. Bowey, com Brion James...aonde outro gato mutante monstruoso foge de um laboratório de pesquisas e passa a eliminar pessoas como se fossem ratos...original, não é ?



"Pet Sematery" ( O Cemitério Maldito, 1989) de Mary Lambert, baseado em Stephen King, fala sobre um estranho cemitério antigo de animais que tem a capacidade de trazer de volta a vida quem for enterrado por lá. A família Creed, que mora perto do local, acaba experimentando os horrores de tal poder. Primeiro é Church, o dócil gato de estimação, que é atropelado, morto e volta como uma criatura sombria, perigosa e fedorenta. 



Depois é o garotinho Gage Creed, que tem o mesmo destino e se transforma numa criança zumbi-maligna!


                         Church, o gatinho zumbi!


CONTINUA...

domingo, 23 de fevereiro de 2014

Os Gatos no Terror : Parte 3 - Terror Felino no México, Itália, Inglaterra...


Apesar de existiram milhões de pessoas no mundo que adoram os gatos, a mídia comumente os mostra como vilões. Desde a infância, já somos apresentados para Tom e Jerry, Frajola e Piu-Piu, Plic,Ploc & Xuvisco, etc. E o cinema vai mais fundo ainda...
"La Noche de los Mil Gatos" (A Noite dos Mil Demônios, México, 1972) de René Cardona Jr. , apresenta as atividades do playboy mulherengo e psicopata Hugo (Hugo Stiglitz). 

Pelas praias de Acapulco, o milionário voa com seu helicóptero particular e seduz belas jovens, levando-as para sua velha mansão. Lá, depois de muita festa e sexo, mata-as com ajuda de seu criado sinistro Dorgo (Gerardo Zepeta) e alimenta com seus corpos seus famintos "1.000 gatos"! 
Mas o homem é um romântico e guarda uma recordação de suas conquistas: as cabeças das jovens, preservadas em cubos de cristal!




Diversos "Giallos" (filmes italianos de suspense e assassinatos) possuem Gatos em seus títulos "O Gato de Nove Caudas"; "Sete Mortes nos Olhos de Um Gato", quase sempre com os animais como testemunhas dos crimes e claro para forçar uma conexão com o conto de Allan Poe.
"Il Tuo Vizio è una Stanza Chiusa e Solo Io ne ho la Chive" (No Quarto Escuro de Satã,1972) de Sergio Martino, aproveita melhor a participação felina como observador dos crimes.


 Oliviero (Luigi Pistilli) é um escritor psicótico e degenerado que maltrata Irina (Anita Stringberg) sua esposa e outras mulheres. Vários crimes acontecem ao seu redor e ele parece ser o assassino. Observando tudo e revelando os corpos está o gato preto chamado Satã, que assim como Plutão, do conto de Poe, também tem um dos olhos arrancados, neste caso por Irina, que o odeia assim como ao marido.



Em "Persecution" (The Terror of Sheba/O Cemitério, Inglaterra,1973) de Don Chaffey, a veterana atriz Lana Turner é uma mulher rica e má e que atormenta seu filho David (Ralph Bates), culpando-o por um acidente que a deixou manca e por ele ter matado Sheba, a gata de estimação dela.



 Anos mais tarde, casado e com um filho pequeno, ele volta a casa da megera, que o inferniza mais ainda, fazendo-o enlouquecer. Na verdade a mulher havia matado seu marido e a amante dele e utiliza sua nova gatinha como instrumento de tortura e morte...






Uma produção com o clima dos antigos filmes de Casa-Mal-Assombrada e inspirado por Allan Poe foi o mexicano "Más Negro Que la Noche" (1975) de Carlos Henrique Taboada. 




Quatro amigas vão passar um tempo na antiga casa da  falecida tia de uma delas. A velha senhora adorava Bequer, seu amável gato preto que continua a morar lá. Um dia, aos cuidados das mulheres, o bichano acaba morrendo. À partir daí, elas passam a ouvir vozes macabras, ver  o espectro fantasmagórico da tia Susana procurando por seu bichinho de estimação e começam a morrer uma a uma de maneira trágica! Bequer estaria se vingando das intrusas ???...






                     Bequer, o gato fantasma mexicano...

"The Uncanny" (Trama Sinistra, Inglaterra/Canadá, 1977) de Denis Héroux é uma antologia de terror felino. Um escritor (Peter Cushing) tenta provar para um editor (Ray Milland) que seu livro sobre a conspiração dos gatos contra a humanidade, tem fundamento.




 Para isto ele conta 3 histórias: 1: Uma velha senhora deixa sua herança para seus amados gatos e seus parentes (e assassinos) enfrentam a vingança dos felinos que tentam deserdar.


 2: Para se livrar da prima que a odeia, uma garota adotada utiliza magia para diminui-la ao tamanho de um rato...para que seu amado gato preto possa "brincar" com ela. 



3: Um ator de Hollywood dos anos 30 (Donald Pleasence) mata sua esposa para poder ficar com a amante (Samantha Eggar), mas precisa enfrentar a vingança do gato de estimação da falecida. No final o escritor é morto por um exército de gatos e o editor queima o manuscrito, "convencido" por seu gato branco Sugar, que ouviu a tudo...



No fantástico conto-de-fadas/terror/comédia "House" (Ie/Hausu, Japão 1977) de Nobuhiko Obayashi, a jovem Oshare leva algumas amigas, e seu gato Bola-de-Neve, para a casa se sua tia no interior, sem saber que a mulher já estava morta.



 A casa está assombrada, possuída pelo espírito da tia que se recusa a deixar o lugar e coberta de pinturas com gatos brancos. As meninas começam a ser mortas de forma sobrenatural (e engraçadas) e Oshare precisa alcançar a maturidade para enfrentar a casa/tia dominadora e malvada e não ser "devorada" por ela. Tudo é uma grande alegoria sobre a sexualidade feminina e a chegada da fase adulta, e a presença dos gatos brancos faz parte deste simbolismo.




Um novo filme inspirado pelo conto de Edgar Allan Poe surgiu pelas mãos do mestre italiano dos filmes Gore "Il Gatto Nero" (O Gato Negro, Itália 1981) de Lucio Fulci.



 Um detetive e uma fotógrafa (David Warbeck e Mimsy Farmer) investigam estranhas mortes em uma calma vila da Inglaterra. O vilão é um médium maluco (Patrick Magee) que tenta se comunicar com os mortos e utiliza seu poder hipnótica para controlar um gato preto e o fazer cometer crimes contra seus inimigos. Nos últimos 15 minutos o filme se rende a história original, com o gatinho sendo enforcado, o emparedamento, etc...




Fulci faria em 1990 "Un Gatto nel Cervello" e Luigi Cozzi "Il Gatto Nero" (1989)...mas apesar dos títulos e breve cenas, eles pouco tem a ver com nossos animais favoritos.

Continua...