quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Morcegos Vampiros Dossier - Parte 3



"O Ministério da Saúde do Peru declarou quarta-feira o estado de emergência de saúde na região de Loreto, na Amazônia peruana, após a morte de 12 indígenas da etnia Achuar por causa da raiva causada por mordidas de morcegos vampiros . Entre os mortos estão três crianças de 8, 9 e 13 anos de idade.
Os dois últimos mortos contraíram  a doença na comunidade Yancuntich localizado no distrito de Morona, perto da fronteira com o Equador, e onde atualmente só pode ser acessado por via aérea. Ambas as crianças foram tiradas há três dias no Hospital de Loreto Regional, mas o quadro era complicado e morreram.


Antes deste surto de raiva silvestre da mordida de morcegos, o ministro da Saúde, Anibal Velasquez, confirmou que o governo decidiu declarar uma situação de emergência na região de Loreto."

(Jornal ABC Internacional- Madri-Espanha em 11/02/2016)

Morcegos vampiros raramente atacam seres humanos...mas como vimos acima..

No filme "Chosen Survivors" (1974) de Sutton Roley, um grupo de pessoas diferentes é escolhido por um programa de computador para sobreviverem/conviverem em um abrigo subterrâneo durante um holocausto nuclear.





O local foi construído para que eles sobrevivam durante anos e possam continuar a raça humana. Mas além dos problemas entre eles, devem também enfrentar uma colônia de centenas de morcegos-vampiros sedentos que habitam uma caverna próxima e se infiltram no abrigo...









Em 1977 Martin Cruz Smith publicou sua novela de suspense e terror "Nightwing", sobre um shaman da tribo Hopi (Smith tem sangue indígena) que invoca o fim do mundo, e é a primeira vítima de uma terrível praga...




"Nightwing" (Terrores da Noite, 1979) de Arthur Hiller é uma boa adaptação da novela, mantendo grande parte dos elementos que a fizeram um sucesso: Suspense, doses de misticismo, muitas informações sobre morcegos vampiros... 




...e claro, o ataque dos bichinhos sedentos...



A história se passa em uma reserva indígena no deserto pedregoso do Novo México. O jovem xerife Duran (Nick Mancuso, péssimo no papel de índio) investiga uma série de mortes misteriosas de animais e pessoas, mutilados por um predador que ele não consegue identificar.




Surge um cientista inglês (David Warner) contratado por uma empresa petrolífera que tem interesses na região, com objetivo de localizar e exterminar uma legião de morcegos vampiros portadores de peste Bubônica e que habitam uma caverna local...



O filme teve roteiro do próprio autor; trilha sonora de Henry Mancini; efeitos especiais (animatrônicos) de Carlo Rambaldi e direção de de um ganhador do Oscar (pelo famoso drama xaroposo "Love Story")...




...mas falhou nas bilheterias e crítica, ficando perdido entre os vários filmes com ataques de animais (inspirados no enorme sucesso de "Tubarão" de Spielberg) como o polvo de "Tentáculos" (1977) os cães de "The Pack"(1977), "Piranha" (1978), o urso mutante de "The Prophecy" (1979), o jacaré gigante de "Alligator"(1980)...Revisto hoje em dia, está datado, mas é um bom divertimento, e se nota que o diretor (em seu único filme de "terror") estava mais interessado nos aspectos místicos da aventura, do que nas cenas de ataques dos morcegos.




"Morcegos são animais muito importantes para a manutenção da manutenção da vida de diversos ambientes, inclusive a nossa. Praticamente inofensivos, muitos são mortos em decorrência de preconceito e falta de conhecimento sobre sua importância. Morcegos são capazes de realizar, com eficiência, o controle populacional de diversas espécies, inclusive daquelas capazes de nos transmitir doenças ou causar prejuízos econômicos, como ratos, mosquitos e pragas de plantação em geral. 




Além disso, graças a eles, há a polinização eficiente de diversas plantas e a dispersão de sementes, auxiliando também na recomposição de ambientes destruídos. Só para se ter uma ideia, aproximadamente dois terços das angiospermas tropicais são polinizadas por morcegos – algumas, somente por eles."

     (Mundo Educação- Mariana A.C.S.Lima - Curiosidades )




Assim, os morcegos em geral devem ser preservados, e exite uma organização internacional dedicada a eles: a Bat Conservation International; que publica a revista especializada "Bats Magazine" e o rico site Batcon.Org.





Mas, voltando ao temor pelos morcegos-vampiros, Martin Cruz Smith no livro "Terrores da Noite" justifica argumentando que apenas eles não dariam nada de benéfico em sua relação com a natureza e as outras espécies. Vampiros apenas se alimentariam de outros e seu único legado seria...a peste!....Mas, a saliva do morcego vampiro tem forte ação anticoagulante, e pesquisas tem sido feitas para utiliza-la no tratamento de várias doenças vasculares...







CONTINUA...




quarta-feira, 17 de agosto de 2016

Morcegos Vampiros Dossier : Segunda Parte (Morcegos-Humanos)



Por características climáticas e fatores bióticos, o México tem um alto número de espécies de morcegos: 137 distribuídas principalmente em regiões tropicais e subtropicais, embora haja também em regiões desérticas. Isto significa que o México tem um quinto das espécies de morcegos existentes no mundo.

Em "Aventura al Centro de la Tierra" (1965) de Alfredo B. Crevenna ( baseado em "Viagem ao Centro da Terra" de Jules Verne), uma expedição científica em uma grande caverna mexicana descobre um mundo subterrâneo com estranhas criaturas pré-históricas...




... uma aranha gigante, um ciclope, morcegos vampiros que matam um dos membros da equipe, e uma raça de morcegos humanos...





....certamente inspirado no Camazotz do folclore Maia (como vimos na primeira parte).




Mas não só no México, a figura do Homem-Morcego aparece em lendas:
"Para os índios Arawak do norte da Guiana, a chamada " Montaña del Murciélago" é habitado por " morcegos assassinos ", e existe uma figura similar no folclore da Venezuela . Os "demônios-morcegos" dedicados a decapitar pessoas aparecem em vários mitos da região amazônica e mais ao sul, no Gran Chaco do norte da Argentina. 



O folclore dos Apinajés, um povo indígena do Brasil (Alto Tocantins), fala sobre "índios" que tinham asas e saíam apenas à noite.  "Eles eram conhecidos como Cupendiepes (Kupe-Dyeb) e viviam em uma colina, dentro de uma caverna. Ao voar, sempre carregavam seus facões e machados, com os quais decapitavam  pessoas e animais".
 ( Carlos Esteban de Oliveira  em seu livro "Os Apinajés do Alto Tocantins") 



Morcegos-humanos também estavam presentes entre os exóticos monstros criados pelo abominável Dr. Malic (Cesar Romero) em "Ido Zero Daisakusen", (Latitude Zero, 1969) de Ishiro Honda...







...uma louca aventura de ficção científica também inspirada em Jules Verne (20.000 Léguas Submarinas e A Ilha Misteriosa), uma co-produção nipo-americana...




A figura literal de um homem-morcego-vampiro, foi criada por Frank Robbins e Neal Adams na revista "Detective Comics" # 400 (Junho 1970) : "Man-Bat" ( no Brasil "Morcegomem" e depois "Morcego-Humano")  é um trágico super-vilão ( e também super-herói em sua revista própria de curta duração) inimigo de Batman...




Um zoólogo especializado em morcegos, que por conta de experiências com glândulas de morcegos, se transforma na mortal criatura híbrida.  


Em " The Twilight People" ( A Revolta dos Monstros, 1972) de Eddie Romero (uma  livre adaptação  filipina de "A Ilha do Dr. Moreau") entre os monstros híbridos criados pelo Dr. Gordon (Charles Macaulay) estava "Darmo- the bat-man" (Tony Gonsalvez)...outra versão live-action do personagem...e mito antigo...





Bom, se um morcego-humano incomoda muita gente...imaginem uma família deles!  Foi o que o sugeriu o  cult telefilme "The Bat People" (Os Homens Morcegos, 1974) de Jerry Jameson...uma versão não oficial do personagem dos quadrinhos...e que no final também transforma sua esposa para viverem juntos em sua...ããã..."bat-caverna"????






                  O Morcegomem da TV...Maquiagem do futuro mestre Stan Winston!

Na ilha de Seran na Indonésia, de acordo com o folclore, existem umas criaturas humanoides com asas de morcego que voam sobre as aldeias a noite para raptar crianças, que devoram na manhã seguinte quando voltam para sua casa ( um vulcão extinto de ilha). Estas criaturas são conhecidos pelo nome de Orang Bati...


...os nativos descrevem essa criatura como um ser humano ou macaco- com pele avermelhada, asas de morcego e cauda longa, ambas muito peludas. Às vezes algo pode ser visto em ilhas vizinhas, mas não comem crianças como na ilha de Seran. 




Os pesquisadores sugerem que talvez o Orang Bati seja uma espécie de morcego gigante que foi visto carregando um macaco como presa , e parecendo assim macaco com asas ou um homem alado.




Nas Filipinas, para compensar encontramos os Dhulhulikh que seriam criaturas boas, porque elas não raptam crianças para comê-las, mas ajudam e adotam crianças perdidas na selva (não se sabe o que fazem com as crianças mais tarde, mas assim são as lendas...). Eles seriam muito parecidas com os homens morcegos do Brasil  e Indonésia, com a característica de que nas Filipinas teriam uma longa garra, que por vezes é nos pés e outras nas mãos , e que serviria como um gancho para se pendurar nos galhos das árvores.





No folclore do Oriente, os morcegos são associados a boa sorte. Os morcegos como símbolo do mal, foram incorporados na cultura do Japão muito recentemente, via histórias e filmes de vampiros. Uma lenda do Japão feudal fala da batalha do grande guerreiro chamado Musashi contra um morcego vampiro gigante. 






Morcegos-vampiros- gigantes e antropomórficos foram populares inimigos dos heróis japoneses da TV (Tokusatsu) e também em animes & mangás...  



O monstruoso ( e engraçado...) DRACULAS (!??!) vindo do planeta..."Carmilla" (!!!!??)



...enfrentou e tentou sugar o sangue de Ultraman Jack , na série "The Return o Ultraman" (1971)



O Vampiro gigante BATTON enfrenta Ultraman Leo na série de 1974...


O Homem-morcego-vampiro "Kyuketsu Komori Jujin"  enfrentou o violento herói Kamen Rider Amazon em seu segundo episódio (1974)...




...como ele perdeu a batalha, foi devorado por uma horda de morcegos vampiros comandados pelo monstruoso vilão Gorgos (o demônio de 10 caras)...



Mas tudo começou muito antes...Em "The Bat" (O Morcego, 1926) de Roland West...



... um morcego humano aterroriza um grupo de pessoas em uma velha mansão...ok! Tudo é obra de um criminoso mascarado...mas, havia um protótipo de homem-morcego e que influenciou a criação de um certo...Batman!



PESQUISAS:

- lhttp://terraincognitaradio.blogspot.com.br/2011/12/que-hay-detras-de-las-leyendas-de-los.html

http://noitesinistra.blogspot.com.br/2015/09/a-lenda-dos-indios-morcegos.html#.V63Dd_krLIU

http://www.batcon.org/resources/media-education/bats-magazine/bat_article/1542

...CONTINUA....